FTD investe em edtechs

Em março, a FTD lançou a plataforma Conteúdo Aberto, que disponibiliza gratuitamente conteúdo educacional de 15 edtechs parceiras. A ideia é testar estes conteúdos que poderão, no futuro, fazer parte do ecossistema digital da empresa que, segundo o Valor, tem entre 22% e 25% do mercado brasileiro de livros didáticos.A pandemia da covid-19 acelerou e potencializou os investimentos da empresa em plataformas digitais.

A crença é que, em um contexto de ensino híbrido, a editora precisa se aproximar de diversas startups de educação, as edtechs, por meio deste programa de aceleração. Agora, a empresa acaba de anunciar a aquisição de participação minoritária na Estuda.com, startup que oferece aprendizado adaptativo por meio de inteligência artificial e que mostra as necessidades acadêmicas de cada estudante, montando um plano de estudo customizado para cada aluno. A Estuda.com já presta serviço para 400 colégios privados e deve quadruplicar este número nos próximos dois anos com aportes da FTD Educação.

 

2019.06_casaeducacao.jpg





banner escola democratica

relatorio 2014 2015 banner2

banner bienal2014 pequeno

b trajetoria



Pesquisa

Boletim Abrelivros

Digite os dados, abra o e-mail e confirme sua assinatura.

Abrelivros - Associação Brasileira de Editores e Produtores de Conteúdo e Tecnologia Educacional 
Rua Funchal, 263 - Conj. 62 - Vila Olímpia
CEP 04551-060 - São Paulo - SP - E-mail: contato@abrelivros.org.br

Midiamix Editora Digital desenvolveu esta publicação com Joomla